Eu nunca mais estarei sozinha

quinta-feira, 11 de setembro de 2008
Quando tudo estiver dando errado, antes de se enfurecer e se esconder do mundo pare para pensar porque isso está acontecendo. Antes de se revoltar contra Deus e questioná-lo, reflita. Foi o que aconteceu comigo.
O mundo estava, e está, caindo na minha cabeça e então eu passei a rezar todos os dias, todas as noites, a cada momento difícil e quando eu começava a chorar. Eu pedi, e peço, que Deus ilumine meu caminho e que me proteja com o calor e a vida que Ele possui, que Ele me ajude a atravessar todos os obstáculos me pegando pela mão e me mostrando o caminho. Eu posso dizer agora que eu nunca estou sozinha.
Com o tempo eu percebi porque tudo isso estava acontecendo. Primeiro: Ele quer que eu me fortaleça, para enfrentar tudo e todos de cabeça erguida; segundo: Ele quer que eu preste mais atenção nas pessoas a minha volta, quer que eu fique mais atenta, porém não sem confiar e perdoar, pois Ele ensina que devemos acima de tudo amar ao próximo, confiar nele e dar a outra face; terceiro, porém não menos importante: Ele quer que eu me aproxime Dele, quer que eu fale com Ele quando tiver problemas e não encontrar uma solução. O importante é não perder a fé e eu considero esses obstáculos como um teste no qual eu não vou falhar, vou mostrar que confio Nele e que O amo. E é por isso que agora estou enfrentando momentos difíceis.
Agora descobri que enquanto puder contar com Ele vou poder ir sempre mais adiante, me tornar uma pessoa cada vez melhor. E quando estou muito triste e chorando encolhida em um canto, eu posso sentir um calor me envolvendo, posso sentir a luz em volta de mim e sei que Deus está olhando por mim e me reconfortando nos momentos em que mais preciso Dele.